Barreiras-BA: Acusado de mandar matar o médico Júlio César se entrega à polícia


Foto: Divulgação/A1 News


No dia de hoje, 22, por volta das 15:00, se apresentou na Corregedoria Regional de Polícia do Interior, na cidade de Barreiras, Diego Santos Silva, de 31 anos, conhecido como Diego Cigano, que estava foragido após a expedição do mandado de prisão temporária pela morte do médico Júlio César, na cidade de Barra, no Oeste da Bahia

O crime ocorreu no dia 23 de Setembro, quando um homem armado entrou no consultório do médico, que realizava um atendimento no momento, e efetuou disparos contra a vítima. Diego Cigano foi apontado como o mandante do crime e conseguiu fugir, mesmo com um mandado de prisão contra ele.

Durante as investigações, quatro pessoas envolvidas diretamente no crime foram presas na cidade de Barra, onde ocorreu o homicídio, assim como a moto utilizada no crime foi apreendida.

Após se apresentar na Coordenadoria de Polícia em Barreiras, o mandado foi cumprido e as demais providências foram tomadas. O delegado informou que Diego será ouvido na tarde desta sexta.

Postar um comentário

0 Comentários