LEM-BA: Funcionário de lava a jato é detido após usar cartão de crédito de cliente para fazer compra



O funcionário de um lava a jato foi detido acusado de ter usado o cartão de crédito de um cliente para realizar recarga do celular nessa terça-feira (02), em Luis Eduardo Magalhães.

De acordo o registro, por volta das 16h, a vítima deixou seu veículo para lavar em um lava a jato no bairro Jardim Paraíso e posteriormente recebeu uma notificação no celular de que uma compra havia sido realizada com seu cartão de crédito Bradesco Prime bandeira Mastercard. 

Ao salvar o número recebido na notificação e visto a foto do perfil do WhatsApp foi constatado que se tratava de um funcionário do lava a jato que ficou responsável em lavar o veículo. Momento em que o homem (vítima) percebeu que teria esquecido sua carteira dentro do carro e que a compra de uma recarga de celular havia sido realizada em seu nome.

O homem acionou uma Guarnição da Polícia Militar da 85 CIPM que esteve no local encontrando o acusado, que confessou ter pegado o cartão de crédito para fazer um bug para adquirir diamante para o Jogo Free Fire no valor de R$ 35,00.

Diante dos fatos, o acusado de iniciais V.B.L de 17 anos, foi apreendido e apresentado a autoridade policial no DISEP juntamente com o cartão de crédito e o aparelho celular utilizado no fato.

Após procedimento o menor foi liberado mediante a presença do responsável (pai).


Fonte:
Blog Braga

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Sério mesmo que presisava desse escândalo todo por causa de 30 reais existe gente que gosta de fazer uma sena por nada mesmo só o tempo dos policiais se deslocar pode ter certeza que custo mais de 35 reais

    ResponderExcluir