LEM-BA: Mulher é morta a pauladas pelo companheiro; segundo femininístico em 24 horas


Foto: Divulgação/Blog Braga

Policiais Militares e Civis de Luis Eduardo Magalhães registraram neste domingo (12), um segundo feminicídio em menos de 24h. O crime aconteceu na Rua Pequizeiro, bairro Vereda Tropical.

A segunda vítima de feminicídio foi identificada como Maria Sônia Souza da Cruz de 49 anos, natural de Irecê/BA.

De acordo informações policiais, por volta das 19h05, deste domingo (12), Maria Sônia, estava on-line falando com seus familiares. Logo depois, Maria não atendia mais o telefone e começou a preocupação dos familiares, inclusive a irmã dela entrou em contato com a nossa redação pra saber sobre o companheiro dela, nós informamos que ele havia sofrido um acidente de moto na Av. Governador Eduardo Campos em frente a Galvani e foi socorrido pelo SAMU com traumatismo craniano e levado para o HO em Barreiras devido a gravidade.

Logo depois os familiares de Maria Sônia começaram a procurar por ela, vinheram no DISEP registrar o desaparecimento da mesma e foram orientados a pularem o muro da casa pra verem o que tinha acontecido. Quando por volta de 1h30 da madrugada, eles (parentes) foram até a casa de Maria Sônia, pularam o muro e encontraram ela morta sentada no sofá.

A mulher foi morta com requintes de crueldade. Segundo a polícia, o principal suspeito é o companheiro da vítima, Murilo Santos Nascimento de 32 anos, vítima de acidente conforme registrado no Blogbraga. Ainda segundo a polícia, após o mesmo receber alta do HO em Barreiras será encaminhado para o DISEP em Luís Eduardo Magalhães para ser ouvido pois ele é o principal suspeito.

A mulher foi morta a pauladas. A Polícia Civil foi até o local após averiguar a situação, acionou o SAMU para constatar o óbito e em seguida a Polícia Militar chegou para preservar a cena do crime até a chegada da polícia técnica para perícia e posteriormente a remoção pelo rabecão para o necrotério de Barreiras.

O caso será investigado pela Polícia Civil local.


Fonte:
Blog Braga

Postar um comentário

0 Comentários