Grávida morre por coronavírus, bebê é retirado e está em estado grave




O surto de coronavírus acaba de fazer mais uma vítima fatal no Brasil. Dessa vez foi a fisioterapeuta Viviane Albuquerque, que tinha apenas 33 anos de idade. Ela estava em período de gestação o bebê teve que ter retirado no hospital.

Viviane havia sido levada à unidade de saúde no último dia 26 após apresentar sintomas da Covid-19, de acordo com sua amiga, Maria Eduarda Coura, que também é fisioterapeuta, a jovem fez o teste para confirmar a doença e o resultado positivo saiu no dia 1º de abril.


Viviane teve que ser levada pelo fato de estar grávida e no dia 3 ela precisou ser entubada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). No dia seguinte, os médicos decidiram remover o bebê da barriga da jovem, que estava com apenas 32 semanas de gestação.

A criança está sendo cuidada no hospital em estado grave. O hospital revelou que não irá revelar informações sobre os pacientes. Viviane faleceu no último domingo (05/04) e seu corpo será cremado nesta segunda-feira (06/04).


A brasileira morava na cidade de Recife, no Pernambuco, e até o momento a família não sabe como ela contraiu a Covid-19: “Ela não viajou, nem soube de nenhum contato com alguém que estivesse infectado. Não sabemos se foi com paciente, no elevador de casa, enfim”, disse a amiga de Viviane.

De acordo com informações do Ministério da Saúde, o Brasil já confirmou 495 mortes em decorrência do novo coronavírus. Além disso, o número de casos de infectados chega a mais de 11 mil. O país tem buscado manter o isolamento, deixando em funcionamento apenas serviços considerados essenciais.



Fonte:
1News

Postar um comentário

0 Comentários