Rio São Francisco deve atingir maior nível desde 2012; Oeste da Bahia em Alerta



Foto: Divulgação/Google

O Serviço Geológico do Brasil - CPRM, opera grande parte da Rede Hidrológica Nacional-RHN, gerenciada pela Agência Nacional de Águas-ANA na bacia do rio São Francisco. Além disso, a CPRM opera, em parceria com a ANA, desde 2018, o sistema de alerta do rio das Velhas, um dos principais afluentes do rio São Francisco.


No dia 02/03/20 a CPRM recebeu uma alerta meteorológico do CEMADEN que precipitações da ordem de 150mm seriam registradas em toda a bacia do rio São Francisco no período de 02 a 09 de março de 2020, as quais estão sendo confirmadas.

Ciente disso, a CPRM tem acompanhado a evolução dos níveis do rio São Francisco e seus principais afluentes, e direcionado as equipes de campo, na parte mineira, para a realização de medições de vazão.


O objetivo é apresentar a previsão de deslocamento da cheia na calha do rio São Francisco, para que a Defesa Civil possa orientar a população ribeirinha.



O pico da cheia foi registrado em Pirapora/MG, na madrugada do dia 06 de março. Ressalta-se, porém que, outros picos ainda podem ser registrados nesta cidade nos próximos dias, caso novos eventos de precipitação sejam observados. 

Importante salientar também que esta previsão, leva em conta a evolução dos níveis dos rios afluentes: das Velhas, Paracatu, Corrente e Preto (afluente do Grande), e será atualizada diariamente, podendo haver a incorporação de informações de outros afluentes, como por exemplo: rios Urucuia, Carinhanha e Verde Grande.


As previsões meteorológicas para os próximos dias devem ser acompanhadas nos sites dos órgãos responsáveis: INMET, CPTEC e CEMADEN.



Fonte:
A1 News / CPRM

Postar um comentário

0 Comentários