Mulher teria escapado de estuprador ao tossir e dizer ter contraído coronavírus


Fotomontagem: Bruno Avila / Vírgula / R7

O surto de coronavírus tem colocado toda a população da China em pânico. Já são 426 mortes registradas no país. Os casos confirmados já passaram de 20 mil. Além do país asiático, há registros de mais 24 países afetados pelo surto da nova doença.

Mesmo com todo o temor espalhado, criminosos não se cansam de cometerem seus delitos. Um estuprador de 25 anos, chamado Xiao, tentou capturar Yimou na última sexta-feira, 31 de janeiro. O rapaz invadiu a casa da mulher para roubar.

Xiao estava em busca de dinheiro quando entrou na residência, mas percebeu que Yimou estava sozinha e tentou abusar da moça. Foi aí que surgiu uma ideia brilhante, que fez a chinesa escapar de entrar para a estatística de mulheres abusadas.

A moça alegou que havia contraído coronavírus durante uma viagem à Wuhan, lugar mais afetado pela doença. O criminoso se assustou e Yimou começou a tossir em sua direção. Xiao fugiu, mas mesmo assim levou um celular avaliado em R$ 1.900, cerca de £338.

A moça foi imediatamente à Delegacia para registrar o caso. O caso viralizou por conta da coragem de Yimou, e Xiao logo foi capturado. O criminoso se entregou para as autoridades após tomar conhecimento de que uma operação iria se iniciar para que o achassem.

Na China, pessoas tem utilizado garrafas e proteções extremamente radicais para que não sejam afetados pelo coronavírus. Já é de praxe que chineses utilizem máscaras, porém o surto desta nova doença tem deixado a população em um pânico total. Ainda não há informações sobre uma cura da doença, somente a hidratação é recomendada.


Fonte:
1News

Postar um comentário

0 Comentários