“Governador Não Pode Imprimir Dinheiro”, Afirma Rui Sobre Reforma Da Previdência Estadual


Foto: Breno Cunha/bahia.ba

O governador Rui Costa (PT) afirmou, em entrevista concedida à Rádio Metrópole FM, na manhã desta segunda-feira (27), reforçou a necessidade de realizar a reforma da Previdência estadual. De acordo com o petista, essa foi a única forma encontrada para não ‘sacrificar o povo’.

“Governador não pode imprimir dinheiro. Para cobrir esse deficit de R$ 4,3 milhões só tem uma forma: aumentar impostos, o que ia sacrificar mais ainda o povo da Bahia. O povo já tem renda baixa e aumenta o imposto, significa sacrificar 92% da população. Essa opção não está no meu horizonte” , afirmou.

Rui alegou que o déficit estadual saltou de R$ 300 milhões para R$ 4,3 bilhões em aproximadamente 13 anos. “O que teve nos últimos 15 anos foi o crescimento da previdência pública, tanto federal quanto nos estados. Em 2006, ultimo ano de Paulo Souto, o déficit da Bahia era de R$ 300 milhões. Ano passado, era de R$ 4,3 bilhões. Quem paga esta conta?”.

A PEC-159 tem repercutido negativamente entre os funcionários públicos e se tornou motivo de protesto dos policiais civis e servidores penitenciários, que paralisaram as atividades nesta segunda-feira (27).




Fonte:
Burburinho News

Postar um comentário

0 Comentários