Olho D'Água Grande-AL: Jovem é encontrada morta após marcar encontro pela internet


Uma jovem de 18 anos foi assassinada após marcar um encontro pelas redes sociais na cidade de Olho D'Água Grande, Agreste de Alagoas. Ela estava desaparecida desde o dia 29 de setembro e foi encontrada morta na quinta-feira (3).

De acordo com o delegado Everton Gonçalves, titular da Delegacia de Arapiraca, o suspeito do crime é um vizinho de Maria Carla Lucas da Silva, 18, que foi encontrada nua em uma cova rasa.

"Nós analisamos e descobrimos que o vizinho da jovem, José Welligton, criou um perfil falso com o nome de Yuri e começou a mandar mensagens para ela e marcaram o encontro. Depois disso a jovem sumiu", afirma o delegado.



Ainda segundo o delegado, José Welligton também foi encontrado morto. Ele cometeu suicídio um dia após a jovem desaparecer.

Causa da morte
O Instituto Médico Legal (IML) divulgou na tarde desta sexta-feira que Maria Carla foi morta por asfixia por constrição cervical por estrangulamento ou esganadura. Porém, o laudo não consegui apontar se ela foi vítima de violência sexual.

O legista Germano Jatobá explicou que asfixia por constrição cervical ocorre através da compressão da região do pescoço, o que provoca interrupção do fluxo de oxigênio, levando a vítima inicialmente à inconsciência e consequentemente à morte.



Essa ação violenta deixa sinais no corpo da vítima que diferem de outros casos de morte violenta.

“O exame apontou infiltração hemorrágica na musculatura pretraqueal e na mucosa laríngea com fratura da cartilagem tireóidea, sinais característicos de morte por constrição cervical por estrangulamento ou esganadura. No exame não constatei sinais de enforcamento e também não havia nenhum outro tipo de lesão de interesse médico legal no restante do corpo da vítima”, explicou o médico legista.



Fonte:
G1

Postar um comentário

0 Comentários