Assessor revela que Obras Sociais de Irmã Dulce tiveram R$ 11 mi de prejuízo em 2018

Assessor revela que Obras Sociais de Irmã Dulce tiveram R$ 11 mi de prejuízo em 2018
O assessor corporativo das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), Sérgio Lopes, revelou ao programa "Isso é Bahia", na rádio A Tarde 103,9 FM, com Fernando Duarte e Jefferson Beltrão, na manhã desta sexta-feira (18), que o prejuízo da entidade foi de R$ 11 milhões em 2018.

“Só para você entender volume de serviços que ali acontece. A cada ano a gente tem maior ou menor volume de doações. No ano de 2018 não tivermos um volume de doações expressivo”, disse.

De acordo com ele, o volume de serviços é, em muitas vezes, maior que o arrecadado pela questão missionária. “A inflação na área da saúde difere da inflação convencional. Em determinados períodos as medicações se elevam em mais de 200%. Então é um desafio muito grande”, completou.

Com a canonização da Santa Dulce dos Pobres, a expectativa da Osid é de aumento na arrecadação. “É importante afirmar para nos dar maior segurança em relação a um proposito da obra”, contou.



Fonte: 
Bahia Noticias

Postar um comentário

0 Comentários