O preço do petróleo subiu esta segunda-feira devido ao agravamento das tensões no Golfo Pérsico


O preço do petróleo subiu esta segunda-feira devido ao agravamento das tensões no Golfo Pérsico após a detenção na sexta-feira pelo Irã do petroleiro britânico "Stena Impero".

Os receios de uma ruptura nos abastecimentos oriundos da região levaram o barril de Brent a subir cerca de 1,26% e a chegar a meio do dia 63,27 dólares.

O índice West Texas Intermediate (WTI) chegou a estar a subir mais de 1,33% um valor de 56,37 dólares.

A tensão no Golfo Pérsico começou a agravar-se desde que um petroleiro iraniano foi bloqueado em Gibraltar por estar alegadamente a caminho da Síria em violação de sanções europeias.

Reino Unido pede que Irã libere petroleiro e tripulação apreendidos, em resposta o Irã diz que reteve embarcação após um choque com um pesqueiro, mas Londres não reconhece essa versão e diz considerar a captura ilegal.

A ação foi tomada pela Guarda Revolucionária Iraniana. Para países do Ocidente, essa foi a maior hostilidade em três meses de confrontos que levaram Irã e Estados Unidos à beira da guerra.

Em uma rede social, o ministério de Relações Exteriores da Alemanha descreveu o ato como uma interferência injustificável na navegação comercial, perigosa por representar uma possibilidade de escalada em uma situação que já é tensa.

O ministro de Relações Exteriores da França disse que condena fortemente a apreensão, e se solidarizou com o Reino Unido, de acordo com a agência Reuters.




Fonte:

Postar um comentário

0 Comentários