Rui Costa diz que não medirá esforços para ajudar governo Bolsonaro


O governador reeleito da Bahia, Rui Costa (PT), disse há pouco que não medirá esforços para ajudar o governo federal de Jair Bolsonaro. "Eu jamais vou torcer contra o Brasil", disse o baiano. Ele comentou que, na época da ditadura militar, muitos entravam em dúvida se torceriam ou não pela seleção brasileira e que sempre optou por torcer pelo Brasil.

"Farei o que puder para ajudar o governo federal. Claro que vou fiscalizar para que o Estado da Bahia e o Nordeste não sejam prejudicados", disse. Ele acrescentou, no entanto, que discorda do discurso de que a liberação da posse de armas de fogo, proposta por Bolsonaro, vai contribuir para a redução da violência.

"Discordo que num País em que 60 mil jovens morrem por ano que a distribuição de armas vai resolver a questão da violência", disse, acrescentando que "distribuir armas para a população é como dar açúcar para adoçar a boca de um diabético."

Promessa 

Rui Costa disse ainda que um de seus projetos é levar água potável e saneamento básico para os bairros mais pobres e zonas rurais da Bahia. "Levar água para as pessoas é levar saúde em estado líquido", disse.

O governador discursa neste momento na Assembleia Legislativa da Bahia, onde ele e seu vice, João Leão (PP) foram tomar posse para o segundo mandato frente à Executivo baiano.

Por: Estadão 

Postar um comentário

0 Comentários