Presidente da Assembleia Nacional da Venezuela é preso, diz oposição


O presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, o oposicionista Juan Guaidó, foi preso por agentes do serviço de inteligência venezuelana.

A informação foi divulgada pela mulher dele e por vários parlamentares da oposição neste domingo (13), segundo as agências Reuters e France Presse.

Na sexta-feira, Guaidó disse que estava disposto a assumir a presidência depois que a oposição declarou o segundo mandato do presidente Nicolas Maduro como ilegítimo.

"A Constituição me dá legitimidade para exercer o cargo da Presidência da República, para convocar eleições, mas preciso do apoio dos cidadãos para tornar isso uma realidade", disse o deputado a algumas centenas de pessoas que se concentraram no leste de Caracas para denunciar a "ilegitimidade" de Maduro.

Na quinta-feira (10), Maduro prestou juramento para seu segundo mandato na presidência em cerimônia no Tribunal Supremo de Justiça do país. Isso porque a Assembleia Nacional, dominada pela oposição, não reconhece a legitimidade do novo período do chavista no poder, que deve durar até 2025.




Por: G1

Postar um comentário

0 Comentários