O prazo para os médicos brasileiros se apresentaram no programa do governo encerra hoje quinta-feira dia 10/01


O prazo para médicos brasileiros com registro no Conselho Regional de Medicina (CRM) se apresentarem nos municípios para atuar no programa Mais Médicos se encerra hoje.

Segundo dados o Ministério da Saúde, foram 1.707 profissionais inscritos nesta etapa de seleção, que substitui médicos cubanos que trabalhavam no país.

Se nenhum deles desistir de comparecer às cidades selecionadas, ainda restarão 842 vagas no programa. Elas serão oferecidas na próxima etapa de seleção, para profissionais com diploma estrangeiro. Segundo o Ministério da Saúde, 10.205 médicos brasileiros ou estrangeiros formados no exterior completaram a inscrição de participação no Mais MédicosEles poderão atuar no Brasil mesmo sem a revalidação do diploma.

Os brasileiros formados no exterior escolhem os locais de atuação nos dias 23 e 24 de janeiro. Em seguida, deverão se inscrever, se sobrarem vagas, os estrangeiros formados fora do país, nos dias 30 e 31 de janeiro.

A quantidade total de vagas oferecidas na primeira etapa de seleção é de 8.517, até o momentos 5.968 se apresentaram na primeira etapa, restando 2.549 vagas, até hoje deverão se apresentar 1.707 médicos, sobrando para segunda etapa uma quantidade de 842 vagas, entretanto esse numero poderá aumentar, caso haja desistência de algum profissional.

Este deve ser o cronograma das próximas etapas de seleção para o Mais Médicos:

Até quinta-feira, 10 de janeiro: médicos com CRM brasileiro que se inscreveram na segunda etapa de seleção devem se apresentar nos municípios. Segundo o Ministério da Saúde, 1.707 profissionais escolheram localidades.

23 e 24 de janeiro: médicos brasileiros formados no exterior escolhem os locais de atuação entre as 842 vagas disponíveis.

30 e 31 de janeiro: médicos estrangeiros formados no exterior escolhem locais de atuação entre as vagas remanescentes.

4 e 5 de fevereiro: brasileiros com diploma estrangeiro começam as atividades (se já tiverem participado das atividades preparatórias).

6 e 7 de fevereiro: estrangeiros sem registro no país começam as atividades (se já tiverem participado das atividades preparatórias).

De 25 a 27 de março: profissionais — brasileiros ou não — com diploma de fora do país começam a trabalhar (depois das atividades preparatórias).

Fonte:G1

Postar um comentário

0 Comentários