Criança morre após ser deixada dentro de carro fechado sob forte calor; diz polícia


A Polícia Civil investiga a morte de uma criança de três anos, identificada como Maria Alice Amaral, supostamente deixada sozinha em um carro em Três Rios, no sul do estado do Rio de Janeiro. O caso aconteceu na tarde desta terça-feira (22), quando a temperatura máxima chegou a 34 graus no município.

Ainda não se sabe quem deixou a criança no carro, estacionado na rua Barão do Rio Branco, no Centro. A polícia ouviu um familiar da menina e reúne indícios. O delegado Cley Biagio Catão, titular da 108ª Delegacia de Polícia, onde foi colhido o depoimento, falará com a imprensa sobre o caso amanhã, quando deve apresentar o laudo que aponta a causa da morte.

Duas das hipóteses investigadas eram sufocamento por causa do calor e choque térmico. 

Maria Alice chegou a ser levada para o Hospital de Clínicas Nossa Senhora da Conceição, mas não resistiu. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal, que o liberou para a família perto das 21h30. O velório teria início ainda durante a noite, com o sepultamento marcado para o dia seguinte no cemitério São José, em Três Rios.

Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura de Três Rios, o pai, Sandro Bonfim, está em estado de choque. Ele é secretário municipal de Obras e Habitação. "Sandro é um pai muito carinhoso. Ele sempre levava a filha em todos os eventos sociais. Fazia questão da família presente", divulgou.

A Prefeitura ainda emitiu uma nota oficial de pesar. "Neste momento de imensa dor, nos solidarizamos com os familiares e decretamos luto oficial de três dias", diz a nota.

O prefeito Josimar Salles (PDT) também se manifestou pela sua página no Facebook. "Uma dor indescritível! Que Deus em sua infinita bondade possa fortalecer e amparar familiares da pequena Maria Alice, que faleceu após uma triste fatalidade. Que esta família trirriense receba o respeito e a oração de todos nós neste momento de dor e sofrimento. Nossa solidariedade e apoio incondicional!", publicou na rede social.



Por: Uol

Postar um comentário

0 Comentários