Se Otto recusar, Ângelo Coronel não descarta tentar ser governador da Bahia em 2022: ‘Se for missão’


Eleito senador pela chapa do petista Rui Costa, Angelo Coronel (PSD) se mostrou bastante convicto ao falar de uma candidatura do PSD ao governo da Bahia em 2022. “Tenho uma missão de tentar fazer Otto Alencar governador da Bahia”, traçou. Caso Otto não aceite, Coronel não descartou lançar o próprio nome ao pleito.

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) fez um balanço da gestão e lembrou que quase saiu da vida pública. “Há dois anos eu estava disposto até a sair da vida pública. Tinha dito isso na imprensa, inclusive. Depois que me tornei presidente da Assembleia, isso reacendeu minha vontade de continuar na política”, comentou.

O senador ainda chamou de “prematuro”, o acordo feito por Rui Costa (PT) que costurou uma candidatura única de Adolfo Menezes para a presidência da AL-BA em 2022. “Sei que daqui a dois anos vamos ter Adolfo Menezes como candidato, mas que outros deputados começam a ensaiar uma candidatura. Acho prematuro lançar um presidente com dois anos de antecedência, mas foi lançado e vamos torcer para que Adolfo Menezes consiga costurar para manter o seu nome até chegar a vez de suceder Nelson Leal”

Por: Bahia Notícias

Postar um comentário

0 Comentários