Sampaoli no Brasil, Luan perto do Corinthians e Flamengo sem Pablo


O domingo foi de chegadas e indefinições na Central do Mercado. O técnico argentino Jorge Sampeoli chegou ao Brasil para terminar as negociações com o Santos, enquanto o Flamengo desistiu do atacante Pablo, do Atlético-PR; o Corinthians ainda aguarda o desfecho da transferência do atacante Luan. 

Jorge Sampaoli no Peixe

A torcida do Santos foi até o Aeroporto Internacional de Guarulhos para receber o técnico argentino Jorge Sampaoli. O treinador de 58 anos assinou um "aceite" com o Peixe, divulgado na última semana, e está no Brasil para acertar os últimos detalhes de sua contratação pelo clube. A expectativa é de que o anúncio seja feito nos próximos dias.  

O argentino inicia reuniões com o presidente José Carlos Peres neste domingo. A "maratona" vai até terça-feira para debater questões sobre o elenco, condições de trabalho e reforços, além de acertar qualquer pendência antes de retornar ao seu país – depois disso, ele só se reapresentará no Peixe no dia 2 de janeiro, quando o elenco volta de férias. 

Flamengo desiste de Pablo

Menos uma contratação para o Rubro-Negro em 2019. Depois de dias de conversas, propostas e contrapropostas, o Flamengo desistiu de vez da contratação do atacante Pablo, do Athletico-PR, neste domingo. 

O problema: dinheiro. O Furacão não abaixou a guarda e quer 10 milhões de euros (R$ 44 milhões) para liberar Pablo. O Flamengo não está disposto a aumentar os 7 milhões que tinham sido oferecidos antes. 

Pablo descansa no interior do Paraná e acompanha à distância as negociações. Formado na base do  Atlético-PR, o atacante manifestou carinho pelo clube depois do título conquistado no meio da semana, na vitória por 4 a 3 nos pênaltis - no tempo normal, 1 a 1 com o Junior Barranquilla (Pablo marcou o gol do Furacão).

Vai ou não vai?

Outro negócio que ainda se desenrola é o do atacante Luan, do Atlético-MG. A ida do jogador para o Corinthians, porém, depende de outra negociação: do meia-atacante Clayton com o Galo, que será envolvido com um valor financeiro.

A primeira proposta, que mantinha os salários recebidos no Corinthians, foi recusada pelo atleta, que afirmou que só deixaria o Corinthians por uma condição melhor em Belo Horizonte. Assim, contrapropostas foram feitas por ambos os lados. A negociação seguirá na segunda-feira.

O lado de Luan da negociação já está certo. O Corinthians aceitou pagar o salário pedido pelo atacante e aguarda a outra parte das tratativas avançar.

Postar um comentário

0 Comentários