Rui Costa diz que 'sentimento de Natal' o fez liberar R$ 216 milhões para AL-BA e TJ-BA


O governador reeleito Rui Costa (PT) disse, na manhã desta quinta-feira (27), que recuou e decidiu liberar a suplementação para Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) e Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) na ordem de R$ 216 milhões por causa do “sentimento de Natal”

Logo após a eleição, o chefe do Palácio de Ondina afirmou que não iria dar os recursos. Segundo ele, o dinheiro será destinado para pagar o salário de dezembro dos funcionários dos dois órgãos e, também, do Ministério Público da Bahia (MP-BA).

"Passamos os valores correspondentes ao salário. Até porque, nós não queríamos ver o Natal e o Ano Novo de funcionários sem receber salário no final do ano. Nós passamos porque o governador tem que cuidar de todos. Se eu não passo, os três poderes ficariam sem pagar o salário em dezembro”, declarou, durante visita as obras da Linha Azul, corredor transversal que vai ligar o bairro de Patamares, na orla Atlântica de Salvador, ao Subúrbio Ferroviário.

Rui afirmou ainda que, no próximo ano, fará reuniões mensais com chefes dos três poderes para evitar o mesmo “sufoco de final de ano”.

Por: Bahia Notícias

Postar um comentário

0 Comentários