Bolsonaro se reunirá na sexta-feira com o primeiro-ministro de Israel


A informação foi transmitida por um de seus assessores, por meio de um áudio do próprio presidente eleito Jair Bolsonaro via Whatsapp, enquanto ele passa o feriado do Natal na Ilha da Marambaia, área de treinamento da Marinha do Brasil, registra o “Estadão“.

Entretanto, por conta de uma crise política que o fez adiantar as eleições parlamentares em Israel, o premiê Benjamin Netanyahu não deve ficar mais para a posse de Bolsonaro, no dia 1º de janeiro.

Netanyahu teria afirmado ao jornal “Folha” que manteve o encontro com Bolsonaro, previsto para esta sexta-feira (28) no Rio de Janeiro, mas voltará a Israel no dia 31 –véspera da posse do novo presidente brasileiro.

Em mensagem publicada nesta terça-feira (25) pelo Twitter, Bolsonaro escreveu um anúncio que deixou o povo do Nordeste esperançoso.

Ele anunciou o envio do futuro ministro de Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, para fazer um estudo do sistema de dessalinização de água de Israel e a viabilidade de implementá-lo na região que sofre há tempos com a seca.

Por: Renova Mídia 

Postar um comentário

0 Comentários