Alexandre Garcia deixa a Globo dias após elogiar Bolsonaro


Após três décadas , o jornalista Alexandre Garcia deixou a Globo. 

Na manhã desta sexta-feira (28), o diretor de jornalismo da emissora, Ali Kamel, emitiu um comunicado falando sobre a saída de Garcia e agradecendo por todos os serviços prestados na emissora .

Os boatos sobre a saída de Garcia ganharam força no início do mês, quando o jornalista ignorou normas editorias da emissora onde trabalhava há mais de 30 anos. Ele publicou um texto nas redes sociais rasgando elogios ao presidente eleito, Jair Bolsonaro.

No texto, publicado no dia 30 de novembro, Garcia, que é um dos principais comentaristas políticos e eventual apresentador de noticiários na Globo, diz que a eleição de Bolsonaro representa uma "revolução de ideias".

Na postagem , ele ainda repudia a “ameaça comunista” dos anos 1960, faz comparação com os tempos atuais e diz que as ideias vencedoras das últimas eleições já estão se impondo.

O texto causou polêmica na Globo. A última edição dos Princípios Editoriais do Grupo Globo prevê que seus jornalistas não podem manifestar preferência partidária ou indicar produtos em redes sociais, nem mesmo no WhatsApp. Os profissionais sequer podem “curtir” posts com interesses comerciais ou fazer “check in” em eventos ou lojas, de acordo com a publicação.

Procurada na ocasião , a Globo não se manifestou sobre o assunto. 

Repórter, comentarista , correspondente e apresentador, Alexandre Garcia era um dos profissionais mais completos da emissora. Deixa o time de jornalismo do canal após 31 anos.

Por: R7

Postar um comentário

0 Comentários